Postagem em destaque

segunda-feira, 19 de setembro de 2011

Brasão Verde: o hilário herói tupiniquim

O universo brasileiro dos quadrinhos tem um personagem novinho em folha: Brasão Verde.
Vamos aos fatos:

O autor
Emerson Lino curte histórias em quadrinhos desde criança, quando começou a fazer seus primeiros desenhos.
Em 2002 entrou para  o circuito dos autores alternativos lançando No Final do Caderno de Escola, com poemas e ilustrações.
A publicação é vendida ao preço de R$8,00.

Pedidos: brasaoverde@yahoo.com.br




O personagem
Seu nome é Caio dos Santos.
Brasileiro casado com  Judith que vive lhe dando broncas e tentando conter seu lado paquerador e mulherengo.
Durango, amante da loira gelada e do futebol, ele alugou uma fantasia para o carnaval, salvou a Judith da tentativa de ataque dos marginais, o ocorrido chegou as manchetes de jornais e o Brasil ganhou um herói bem brasileiro.
A criação do Brasão Verde ocorreu em 2006 e a primeira tira foi publicada em 2008 no Jornal Cultural Mensageiro, editado por Arthur Filho.




A intenção 
Dar continuidade ao personagem, avaliando a possibilidade de uma publicação onde outros autores estejam incluídos.
Em suas palavras:
"Estou planejando criar uma nova publicação do Brasão Verde... com o intuito apenas de divulgá-lo e divulgar a arte de amigos!... acho que farei um zine na base do xerox mesmo..."



A conclusão
Mesmo sem alicerce editorial, um personagem e um autor podem obter notoriedade com diversas ferramentas como a internet, o velho e bom fanzine xerocado e a vontade de atingir os objetivos almejados.



4 comentários:

FSB disse...

Parece uma boa estória. O lance agora é cair em campo para divulgar o trampo.

Digimon BR disse...

o super-heroi mais ilário e humoristico que ja vi! sou fan das tirinhas do brasão verde! cara ta de parabéns!

renatamedreis disse...

Que legal! quero ler as histórias :)

anita disse...

É só entrar em contato com o autor, pelo e-mail divulgado, Renata.
Abraço.