Postagem em destaque

segunda-feira, 29 de agosto de 2011

Ciclo de Palestras


Um comentário:

Takeo Adventure! disse...

Tomara que neste ano apareçam lésbicas além daquelas que já participam dos movimentos, que são militantes, porque as que precisam ouvir, conhecer e discutir seus direitos, sua saúde, sua sexualidade, essas, parecem nem existir!
É mais difícil a lésbica sair do armário do que o gay. E mesmo quando saem, vivem em pequenos redutos, não participam de nada, não se mostram!