Postagem em destaque

sábado, 8 de setembro de 2012

Sinuca para elas, balada para eles

Uma amiga costuma dizer que para fazer sucesso entre lésbicas, na cidade de São Paulo, um bar tem que ter música ao vivo e/ou uma mesa de sinuca.
Para rapazes gays, o que importa é uma balada bate estaca.
Sim, existem exceções e baladas que atraem muitas garotas.
Agora, que a mulherada adora uma cantora ao vivo, de preferência cantando Cássia, Zélia e Ana Carolina, é inegável.
Se tiver espaço para uma mesa de sinuca, então...
O bar vira um paraíso completo.

4 comentários:

Ernesto Castanha disse...

Olá ...

Será mesmo isto verdade ??

Bom fim de semana

Anônimo disse...

Pretendo me mudar para S.Paulo. Parentes, alguns amigos, apê tenho no centro de SP. A única coisa que me prende aqui é o meu bom emprego que sonhei, lutei e consegui! Mas nem por isso deixo de ir a SP qd posso.

................................ disse...

Adorei essa postagem. Não sabia que as garotas gostavam de sinuca, mas me parece bem interessante o fetiche. Esse tipo de bar sempre tem um clima mais intimista, com iluminação localizada e por vezes jazz. Tanto gosto das baladas quanto da meia-luz.
Henrique

anita disse...

Tenho que concordar com minha amiga, Ernesto, mas nem todo bar tem espaço para uma mesa de sinuca.
Venha para Sampa, sim (Anônimo)!!!
Está certo, Henrique: curtir baladas ou meia-luz.
As duas opções são interesantes.
Bjs.