Postagem em destaque

quarta-feira, 20 de julho de 2011

Adriana Simone: a pioneira

Adriana
No início da década de 90, era possível ver uma jovem extrovertida, em casas noturnas paulistanas, com uma camiseta cuja estampa era composta de fitas de cetim, costuradas nas cores do arco-íris.
Na época, não era comum ver algo assim e as pessoas se aproximavam , perguntando sobre a novidade.
A garota explicava que sua mãe, Dona Dalva, havia costurado aquela estampa colorida e chamativa.
Dessa forma, iniciando pela venda das referidas camisetas, começou a história comercial de Adriana Simone da Silva, que hoje revende uma gama de acessórios arco-íris(como ela gosta de definir seus produtos), identificados pelo símbolo da comunidade
LGBT.
Nascida em Natal (RN) e admiradora do estado paulista, ela possui  uma bandeira deste estado e ocasionalmente decora os stands itinerantes em que comercializa seus produtos.
Com carinho,  relembra que sua mãe confeccionou a  bandeira utilizada na primeira Parada Gay(que na época não tinha esse nome) paulistana e ainda recorda as medidas da mesma: 9 x 50cm.
Atualmente, eventos ligados ao segmento LGBT, pipocam em diversos pontos do país e em boa parte deles Adriana está presente, agora com diversas pessoas que ingressaram no comércio de produtos com os quais os consumidores se identificam, como adesivos sugestivos, pulseiras, canecas, colares e tudo que faça referência a homossexualidade e afins.
Adriana, batalhadora, simpática e cativante, não enxerga os demais comerciantes do setor como meros concorrentes e sim, como parceiros no ramo que movimenta numerário, gera empregos,  trabalha com a auto estima das pessoas e fortalece o movimento LGBT em prol de uma sociedade justa e livre de preconceitos.

2 comentários:

FSB disse...

E viva a luta pelo fim de toda a foma de preconceito.

anita disse...

Disse tudo...