Postagem em destaque

domingo, 2 de janeiro de 2011

Erotismo, Sacanagem ou Baixaria

Acabei de ler Manara Kamasutra, do italiano Milo Manara.
A capa dá uma idéia do teor e sinceramente acho desnecessária a colocação de círculos  negros para ocultar as partes íntimas dos personagens.
No entanto, o que me fez abordar esta obra consagrada mundialmente desde a primeira edição, na década de 90, é o teor de imagens fortes e declaradamente sexuais.
Desenhos qualitativos, narrativa criativa associada ao Kamasutra e diversos fatores, levaram autor e obra para um patamar respeitável na crítica mundial e também perante os leitores.
Por outro lado, já que estamos no Cafofo da Katita, quero mostrar o quanto existem dois pesos e duas medidas, quando o assunto é homossexualidade.
A personagem Katita possui álbum, gibi e revista.
Cada lançamento é recheado de polêmica, mesmo sem haver sequer uma página da personagem, com ilustração ou tira mostrando o ato sexual em si, como na publicação citada acima.
Um simples imagem de um homem sendo levado na bandeja, pode gerar  desconforto e críticas.
Esta ilustração está na revista O Preconceito é Um Dragão e é apenas um exemplo para mostrar o quanto um trabalho voltado para a homossexualidade feminina incomoda.
A Katita não é personagem erótica e sua linguagem não expressa sacanagem ou baixaria mas infelizmente existe uma visão distorcida referente a um assunto que ela encara de frente.






8 comentários:

Rynaldo Papoy disse...

Arrasou, Anita, tem algum album publicado com a personagem?

Abraço e beijão e feliz ano novo!

Anita disse...

Oi Rynaldo

A Katita tem três publicações impressas e o ebook para leitura gratuita, no site da editora.
Segue o link; espero que goste:

http://www.marcadefantasia.com/ebook/katita-ebook.pdf

Bjs e feliz ao novo para vc também.

magoozinha disse...

O Brasil ainda é um país machista e conservador, apesar de carregar a fama mundial de capital da tolerância.
Infelizmente, chegamos ao século XXI com um imaginário medieval disseminado por aqui. "TFP", e eu incluo aí o "H" de hipocrisia. O que mais me preocupa é ver gente da minha geração, que por ser pós-ditadura deveria ter a liberdade de expressão correndo nas veias, ser capaz até de atos de de violência, como os ocorridos na Paulista, na Augusta e por todo o país.

Anita disse...

Concordo e lamento a veracidade de cada palavra que vc escreveu..

RONALDO MENDES disse...

Haêêê minha colega de trabalho!!! Eu não conhecia essa obra do mestre Manara!! Como é que pode? Eu sou fã do cara!!! Vou procurar... Nem precisa dizer que eu ADOREI estar no Cafofo da Katita he, he,he! Quero ver TODAS as artes e ilustrações da Katita aqui!! Espero que este ano que se inicia, com uma mulher no comando do país, certas "coisas" melhorem... Melhor nem citar. Abraço minha guerreira!!

anita disse...

O seu trabalho sempre estará em evidência no cafofo.
Roteirista de hq sem desenhista...snif...é um ser incompleto.rs
Vamos torcer juntos para tudo melhorar no Brasil e no mundo.
Grande abraço.

LAUDO FERREIRA JR. disse...

Anita, minha amiga querida.

Já estava mesmo na hora da Katita ter um espaço para que ela e a sua criadora falem. O espaço do blogspot é bacana, eu mesmo tenho dois.
Gostei do texto sobre a obra do Manara, embora confesse a você que não é de longe o melhor dele, na minha opinião. E nem mesmo é tão ousado assim, o mestre Manara fez coisas mais "calientes". Mas o cara quando é mestre consegue ser em coisas menores.

Concordo contigo quando a coisa é sobre a homossexualidade feminina levada á sério, sem conotação pornô, acredito que a homossexualidade masculina tem um peso maior na questão de preconceitos.

Bom, já sabe que sempre estarei passando por aqui.
Beijos e mais beijos!!

anita disse...

Sua visita ao blog é uma honra.
Amigo das antigas, artista premiado e responsável pelo desenho de registro da Katita.
Bjs.