Postagem em destaque

segunda-feira, 15 de junho de 2015

Sem distribuição mas com determinação


Para fazer uma publicação alternativa chegar aos leitores, sem distribuição em livrarias e bancas, é essencial participar de eventos onde isso seja possível.
Mesmo com a internet proporcionando uma alternativa de divulgação e vendas, feiras de zines e atividades relacionadas são ferramentas indispensáveis.
Publicar é apenas o primeiro passo de um longa caminhada mas é assim que o setor independente vive e sobrevive, mesmo diante das dificuldades. Alguns lançamentos chegam a obter um destaque maior como Katita-Tiras Sem Preconceito que recebeu dois Prêmios Angelo Agostini (melhor lançamento e melhor roteirista).
A revista Picles Só Mulherada! também segue sem ampla distribuição mas com o trabalho louvável do Worney de Souza que deixa exemplares da publicação em algumas livrarias da capital paulistana.


 
 
 
 
 

2 comentários:

Sheila Costa disse...

olá
eu e alguns amigos temos uma revista com temática lésbica (Alternativa-L) e adorariamos fazer uma entrevista contigo e com a "katita"
revistaalternatival@hotmail.com

grata
sheila

anita disse...

Olá, Sheila
Será um prazer conceder e entrevista.
Já te escrevi um e-mail.
Abraços.