Postagem em destaque

terça-feira, 3 de maio de 2011

Triste humanidade que se alegra com vingança e morte

Algumas frases e manchetes me causam incômodo, indignação e uma
série de sentimentos nada festivos.

“Americanos comemoram a morte de Bin Laden”.

“O povo festeja a morte do líder da Al-Qaeda”.

Não sei se o fato de estar acostumada a festejar a vida, a vitória do time preferido ou da seleção, me fazem achar o cúmulo comemorar a morte de alguém, por pior que tenha sido a pessoa.

2 comentários:

Takeo Adventure! disse...

Quero ver se sua opinião vai continuar a mesma, qdo explodirem aqui no Brasil, a Câmara dos Deputados, o Senado...

anita disse...

Não vou concordar mas definitivmente não vou comemorar a morte de alguém.
Bombas na Câmara dos Deputados e no Senado?
Lá já tem muitas...
No sentido figurado da palavra, é claro.